Dia 76

Placa legal essa que vamos usar em Sistemas Embarcados.

OK, publicar um jogo pode não ser tão fácil quanto parece.

Ah, e eu apanhei no draft de hoje. Um lindo deck estupidamente lento e fraco 😦

Vamos começar com a parte legal:

Na aula de sistemas embarcados, o professor mostrou pra gente um programinha básico que faz piscar uma luz na placa. Porém, com todos os detalhes de como ele acessa o LED e como ele tomou alguns cuidados pro compilador não jogar fora o loop infinito que ele tem.

Ah, plaquinhas foram distribuídas! Em equipes (eu e mais dois italianos que não são de Milão) vamos acompanhar o desenvolvimento de algumas coisas nas aulas.

Ela não é linda?

Ela não é linda?

Acho que ela seria o objeto ideal para uma matéria. Eram no máximo vinte placas para uns 50 alunos acompanhando a disciplina. Só para os experimentos em sala. A placa custa aproximadamente 15 dólares a unidade, mais o frete. Fazendo uma conversão besta, ela custa mais ou menos o mesmo que pagamos pra fazer a plaquinha de micro (60-70 reais), porém é muito mais potente.

Logo depois de pegar a plaquinha, saí quase correndo para a palestra de videogame design and programming, com o desenvolvedor de um dos melhores RPGs que já joguei. Sério, se puderem, joguem Doom & Destiny. É muito divertido.

Na palestra, ele comentou sobre o desenvolvimento de vários jogos da empresa na qual trabalha, falou também das experiências em diferentes plataformas de venda (google play, windows phone, steam…) e finalizou com uma coisa que pra mim é o supra-sumo da palestra:

Publicar um jogo demanda metade do tempo de produção deste.

Eu realmente não esperava por essa.

Logo após, dei uma conversada com o líder de grupo para o jogo que vou trabalhar com – Paralel Realities. A ideia é que o personagem pode se transportar entre espelhos. Vamos ver onde isso nos leva 😀

Depois, partidas de magic! Dessa vez draftei Azul/verde Morph, um arquétipo onde as criaturas com metamorfose são parte integral do deck. Não acho que fiz o melhor deck do mundo, mas eu me diverti um monte com ele. Ah, adições de preto ( para essa coisa “linda”) e vermelho (para mata-bixos/dano direto e SARKHAN!). Não gravei o draft (queria antes saber se a câmera aguentava todo o torneio – ela aguenta :D), mas as partidas você encontra a seguir:

No final, acho que me faltaram algumas comuns fortes, pra fazer volume com as raras poderosas.

Fim de semana chegando – e eu sem ideia do que fazer…

Anúncios

~ por nesello em 2014 11 10.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: