Dia 62

Ok, aula cancelada por causa da greve dos transportes públicos (na verdade, é uma greve de todo serviço público na Itália, ou pelo menos foi o que eu entendi rapidamente do poster que li). O que fazer então?

Abrir conta no banco, é claro! Ah, e jogar magic. Sexta-feira é dia de jogar magic.

A comida em casa está acabando. Tomara que seja suficiente para o fim de semana (mesmo por que estarei ocupado demais para comprá-la). De qualquer maneira, após o café da manhã, pego todos os meus documentos relevantes e bora pro banco abrir a conta!

Cheguei lá, preenchi um formulário com informações pessoais (nome, endereço, coisas assim). Espero por uma meia hora, até tudo ficar pronto. Assino alguns contratos e uhul, conta aberta!

Almoço em casa macarrão sem molho. Yup! depois da janta top, miséria no AP.

À tarde, passo no banco pra tentar fazer o primeiro depósito na conta. Falho miseravelmente. Não sei por que, mas o caixa eletrônico não tinha a opção de depósito. Será que só consigo fazer isso nos caixas normais? Mistério…

De qualquer forma, tem um campeonato de Magic me esperando ali na esquina 😀

Começo o torneio escolhendo uma carta razoavelmente forte: O Falcoeiro Abzan. Sua habilidade mais forte é dar às criaturas com marcadores +1/+1 o poder de voar sobre o campo de batalha – direto contra o adversário. Fico extremamente contente quando recebo uma carta rara no tema +1/+1, porém, na minha 4ª ou 5ª escolha, decido pegar também o subtema “Guerreiros”, procurando novamente um baralho branco, verde e preto. Desta vez mais centrado em branco, porém com adições fortes de ambas as cores auxiliares.

Minha primeira partida é tranquila, mal dou ao adversário tempo para ele mostrar o baralho. Começo o campeonato 1-0.

A segunda partida é muito mais problemática. Meu adversário é ótimo em drafts e costuma operar muito bem o baralho que joga. Perco a primeira partida, mas consigo me recuperar e vencer a segunda. Como não tinha mais tempo, acabamos empatados. Avanço 1-0-1.

A terceira foi tensa. Meu oponente, embora tenha um conjunto de cartas forte, não consegue causar o dano necessário para me derrotar – e nem eu, que luto desesperadamente para manter-me vivo. A primeira partida ganho por deck-out, uma vez que ele não possuía mais baralho para comprar. Na segunda partida eu tenho sérios problemas com mana, sendo levado rapidamente à morte. Porém, na terceira partida, nos metemos em um novo duelo pela supremacia do campo de batalha – eu combatendo inclusive o meu baralho, que não estava disposto a dar os terrenos que eu gostaria. Porém, ao final de tudo, acho que escolhi o caminho de ações correto – ganhei novamente por deck-out.

2-0-1. Um resultado promissor! Mesmo com as falhas que penso ter cometido durante o draft (passar bombas e trabalhar com dois temas esparsos), consegui algumas vitórias! Mais uma carta promo na pasta!

De noite, ansiedade. Como será a Games Week? Como será o local? será que vou me divertir? E a mostra indie?

Coisas que só tem um jeito de saber,

Anúncios

~ por nesello em 2014 10 27.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: