Viagem para Recife: O primeiro dia

É, fui para Recife. passei 8 dias lá. E venho aqui fazer uma “narrativa” de como foi essa viagem.

Eu e minha avó viajamos de Cutitiba para Recife pela GOL Linhas Aéreas Inteligentes. Uma viagem tranquila, o vôo não teve maiores problemas, mas ficou bem claro, para mim, que a qualidade do transporte aéreo está diminuindo. Por mais que, durante todo o check-in, sala de espera, e tudo o mais, os funcionários sejam um bocado atenciosos, a alimentação a bordo está ficando um bocado simplista. Já fiz viagens (inclusive pela GOL)  onde recebíamos, além do copo de bebida, uma caixinha contendo geléia, torradas, margarina, bolachas, entre outros. Viagens longas não se tornavam uma tortura para o corpo.

Desta vez, o café da manhã era um pacotinho de biscoitos de leite (umas 30g), o lanche matinal, outro pacotinho de batatas chips e duas bolachas recheadas. É, dá pra sobreviver. Mas não é mais a mesma coisa de antes.

Nossa viagem nos levou de Curitiba até o Galeão, no Rio de Janeiro. Lá esperamos uns 40 minutos até o embarque para recife, via conexão. Saimos de curitiba às 08:10, devido um breve atraso, mas chegamos em RJ a tempo do próximo vôo, às 10:13. Este, por sua vez, foi direto para Recife, e de lá, seguiu para Campina Grande, PB. Vó e eu ficamos em PE.

Do Aeroporto seguimos direto para o hotel, de táxi (por um preço que, disse minha avó, estava muito bom). Check-in no hotel, o Dorisol Recife Gran Hotel, escolhido dentre os disponíveis pra uso de diárias da Brastur Hotéis.Fomos ao quarto vestir roupas adequadas à temperatura local e em seguida descemos para o restaurante do hotel almoçar.

Esta era a vista do quarto:

Por mais que você procure um hotel bom e barato, encontre as melhores ofertas de passagem aérea(ou, como minha avó, use milhagens), o gasto com alimentação ainda vai ser alto. O restaurante disponibiliza um almoço com pratos a la carte, ou um buffet de saladas com um prato principal estilo prato-pronto. No dia, tinha um contra-filé a um molho estranho(e picante) acompanhado de batatas e macarrão seco. Nunca mais almoçamos no hotel.

Uma coisa que pode parecer besta, mas é verdade. Por mais que a viagem esteja acertadíssima, passeios das 08:00 às 19:00, ainda haverá tempo livre pra ser ocupado. Claro, talvez o hotel tenha uma academia, ou uma piscina, e sem dúvida que ele tem TV. Mesmo assim, leve alguma outra coisa pra fazer. Um livro, uma revista de passatempos, música… qualquer coisa que ocupe a sua cabeça entre a janta e a cama serve. O livro que levei para essa viagem foi Guerra dos Tronos, de George R.R. Martin. Um senhor livro que terminei uns 3 dias antes de voltar de lá.

Pelo menos tinha TV(tédio)

Minha avó acertou para o dia seguinte um Citytour por recife e olinda, e jantamos pizza, pelo serviço de quarto. Enquanto não estava lendo / assistindo simpsons (ou talves justamente quando eu fazia os dois), acertamos o roteiro de passeios que fizemos durante a viagem.

É, bem cara de “chegamos” mesmo. Próximo post: Citytour e sobrevivência!

Anúncios

~ por nesello em 2011 02 25.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: