Vadias e garanhões

Hoje em dia, ja cansei de ver primo, amigos, e conhecidos se vangloriando por pegarem muitas. E, também, já ouvi mulheres falando de pegarem muitos.  

Afinal de contas, qual a graça disso? Não há relação – há tesão. A impressão que tenho, é que não importa criar uma relação. Basta o beijo, o sexo. Parece que as pessoas só querem se embriagar em endorfina. E procuram essa embriaguez de maneira bastante egoísta.

Não sei se tantas pessoas fariam isso. Afinal, é comum que, em festas, bebida(e outros psicoativos) rolem soltos. Parece uma espiral de prazer e despreocupação. Infelizmente(?), essas atitudes liberais tem alguns efeitos… colaterais. O mais inesperado, certamente, é a gravidez.

Não quero parecer moralista, pois acho que sim, sexo deve ser praticado e sem preocupação por parte dos praticantes, mas, semanalmente, variar de parceiro é, no mínimo, exagero. Sair para festas, beijar vinte e, semana sim semana não, levar uma(ou um) para a cama não é a atitude mais saudável.

“Parece que estou perto de você. Mas não imaginas a distância que nos separam.”

Anúncios

~ por nesello em 2010 03 23.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: